Sobrevivendo à Disrupção! 3 Dicas para Manter o seu Negócio Vivo

Quem diria que, para sobreviver à disrupção, uma empresa deve ser disruptiva?

 

Sobrevivendo à Disrupção

 

“Combater fogo com fogo!”. Quem diria que, para sobreviver à disrupção, uma empresa deve ser disruptiva? Em uma interessante apresentação do HBR Channel (Harvard Bussiness Review), ao resumir a teoria da inovação disruptiva do professor Christensen, o locutor apresenta todo o processo de disrupção e uma solução: “O único jeito de os gigantes da indústria revidarem é através do lançamento de suas próprias inovações disruptivas”.

Obviamente, não é tão simples quanto parece. Na apresentação mesmo, fica claro que, para criar suas inovações disruptivas, torna-se necessário reavaliar o mercado consumidor e propor soluções de baixo custo de desenvolvimento.

Com base em uma pesquisa aprofundada que gerou uma boa série de artigos sobre a disrupção promovida pelas inovações tecnológicas, foi possível identificar alguns pontos que, se forem devidamente trabalhados, podem ajudar a manter seu negócio vivo.

 

Dica 1: Entenda o seu consumidor e fidelize-o

 

Apesar de instalações, computadores e veículos serem importantes para uma empresa, um dos ativos mais valiosos que ela possui é sua carteira de clientes. Saber como aumentar o vínculo de um cliente com sua marca é uma das maiores dicas para sobreviver à disrupção.

Para tanto, é imprescindível realizar estudos acerca das nuances comportamentais e dos desejos de seus clientes. Um atendimento personalizado e de alta qualidade é capaz de fidelizar o cliente por muitos anos. E é através de um entendimento perfeito das buyer personas que o alcance destes resultados é possível.

Pesquise sobre os anseios, as necessidades e os padrões comportamentais de seus clientes e terá uma boa chance de mantê-los como clientes, mesmo diante de uma inovação disruptiva.


Dica 2: Entenda o mercado

 

Esta dica também guarda relação com o entendimento do consumidor, mas o enfoque, no geral, é mais abrangente. Esta visão macro engloba, além dos clientes, os concorrentes, os pequenos players (com o maior potencial disruptivo), as tendências, etc.

Entender o contexto, as inovações tecnológicas do setor, investir em inovações sustentáveis sem relegar o atendimento de qualidade ao esquecimento; ajustar os próprios modelos de negócios às tendências do mercado e, aos poucos, desprender-se de modelos que já estão em declínio; ir até onde os consumidores estão e comunicar-se da maneira certa, através dos meios certos: estas atitudes podem, no fim das contas, representar a salvação do seu negócio.

 

Dica 3: Seja disruptivo também

 

Antes de qualquer coisa, perceba que a disrupção não é um fim e nem sempre é o caminho mais indicado. Esta dica tem mais uma função preventiva do que qualquer outra coisa.

A ideia é segregar um departamento com o objetivo de criar suas próprias inovações disruptivas, sem vínculo com seu negócio principal e com custos de desenvolvimento muito baixos, para quando a ocorrência de uma inovação disruptiva afetar seu setor, seu negócio possa estar “blindado”.

E claro, se a disrupção for obra de sua empresa, é óbvio que ela tampouco afetará seu negócio de maneira negativa.

Concluindo...

A disrupção é um processo que já se tornou realidade nos contextos atuais. Com o avanço das tecnologias mundo afora novos mercados serão criados e os mercados existentes serão afetados de alguma forma.

O mundo está sofrendo grandes alterações, assim como ocorreu nas históricas revoluções industriais. Desta vez, entretanto, tudo indica que a mudança será ainda mais drástica e as empresas que desejam sobreviver a ela, devem estar prontas para ingressar nestes novos contextos.

Profissões serão extintas e, com o surgimento de novos mercados, novas profissões serão criadas. O mundo entrará em uma era de valorização da criatividade e do capital intelectual. O marketing será totalmente digital e o atendimento a consumidores 2.0 será a nova realidade.

Na Dynamus Marketing temos toda a expertise necessária para ampliar de seu alcance e ajudar seu negócio a conquistar seus consumidores 2.0 e atendê-los da forma que eles desejam. Venha conversar com a gente! 

Comente com o facebook